48

48- Ir ao teatro pelo menos 6 vezes por ano, até o final dos 1001 dias

–  O homem travesseiro

Direção: Bruce Gomlevsky. Escrita pelo irlandês Martin McDonagh e vencedora dos prêmios Laurence Olivier (2004) e Tony (2005).

Imagem

Localizada num país fictício controlado por um regime totalitário, a peça começa numa sala de interrogações, onde um homem é instado a responder aos questionamentos de dois policiais. O homem, chamado Katurian (Gomlevsky), é um escritor de histórias de horror. Tupolski (Tonico Pereira) e Ariel (Miguel Thiré) são os detetives que o pressionam a dizer a verdade. A verdade que eles querem é tudo o que Katurian não tem a oferecer. Autor de contos bizarros, suas narrativas guardam semelhanças com uma série de assassinatos envolvendo crianças que passam a acontecer. Em meio ao interrogatório, o escritor descobre que seu irmão doente mental, Michal (Ricardo Blat), além de ser o autor dos crimes, também o incriminou. Na iminência de ser preso, ele luta pela sobrevivência e pela liberdade — de si e também de sua expressividade artística.

Imagem

Meu padrinho ganhou dois ingressos para essa peça e me deu, então chamei uma amiga e fomos. Apesar de durar 3 horas, gostei bastante. A peça seria muito sádica se não fosse o humor negro no qual é mergulhada. Aprovei.

Anúncios
Categorias: cultura | Tags: | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: